Seguro DPVAT - o seguro do trânsito



Tudo sobre o Seguro DPVAT

O que é o Seguro DPVAT?
Quem tem direito?
Acidentes cobertos
Quem recebe e quanto
Como receber?
Prazo para fazer o pedido
Dicas para receber mais rápido
Como evitar o golpe do DPVAT
Vídeos sobre o Seguro DPVAT

O QUE É O SEGURO DPVAT?

O Seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre ou por sua Carga a Pessoas Transportadas ou Não) foi criado em 1974, para amparar as vítimas de acidentes com veículos em todo o território nacional, não importando de quem seja a culpa. Como se vê, trata-se de um seguro eminentemente social.

QUEM TEM DIREITO?

Estão cobertos pelo Seguro DPVAT todos os cidadãos, em qualquer parte do Brasil, sejam eles motoristas, passageiros ou pedestres. O Seguro DPVAT oferece três tipos de coberturas: morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médico-hospitalares comprovadas (DAMS).

Acidentes cobertos

Estão cobertos acidentes de trânsito ocorridos nos últimos 3 anos, envolvendo veículo automotor de via terrestre (*), que tenham causado morte, invalidez permanente ou despesas médico-hospitalares.

(*) É aquele que tem motor próprio e roda em terra ou asfalto, ou seja, é um carro de passeio, motocicleta, caminhão, ônibus, micro-ônibus ou trator. Lembre-se: trens, bicicletas e barcos não se enquadram como veículo automotor de via terrestre.

Quem recebe e quanto

Cobertura Quem tem direito (beneficiários) Valores de indenização
Morte
Invalidez permanente
Despesas médico-hospitalares
Familiares ou herdeiros legais
Somente o próprio acidentado
Somente o próprio acidentado
R$ 13.500,00 por acidentado(1)
até R$ 13.500,00 por acidentado(2)
até R$ 2.700,00 por acidentado(3)
(1) Estes valores não são divididos entre as vítimas do mesmo acidente. São pagos individualmente
(2) O valor da indenização de invalidez permanente varia conforme a gravidade da lesão
(3) O valor do reembolso médico-hospitalar varia conforme o total de despesas comprovadas

COMO RECEBER?

Solicitar a indenização do Seguro DPVAT é simples: basta juntar os documentos necessários e entregá-los em uma seguradora consorciada, que, após constatar a sua regularidade, os encaminhará à Seguradora Líder dos Consórcios do Seguro DPVAT S.A.

Antes de tudo, lembre-se: para dar entrada no pedido de indenização ou acompanhar o andamento do processo, não é preciso envolver intermediários. Se você é o principal interessado na indenização, cuide dela você mesmo.

A relação de documentos varia conforme o tipo de indenização pleiteada. Há, portanto, uma lista diferenciada de documentos para os casos de morte, invalidez permanente e despesas médico-hospitalares (DAMS).

Conheça o DPVAT e a Seguradora Líder
Saiba qual a lista de documentos necessária para cada caso
Saiba onde entregar a documentação
Saiba mais sobre o Seguro DPVAT

Prazo para fazer o pedido

O prazo para fazer o pedido de indenização é de 3 anos a contar da data do acidente.

Dicas para receber mais rápido

Acompanhe de perto o andamento do seu pedido de indenização pelo Site DPVAT ou pelo SAC 0800 022 1204. Nestes canais você recebe informações seguras sobre todas as etapas de análise do pedido até o recebimento da indenização.

Como evitar o golpe do DPVAT

  • O pedido de indenização do Seguro DPVAT não deve ser entregue a terceiros. Ele deve ser aberto e acompanhado diretamente por quem tem direito à indenização.
  • Pedir, acompanhar e receber a indenização do DPVAT são serviços gratuitos. Não abra mão de parte da indenização pagando desnecessariamente comissões ou honorários a terceiros.
  • A indenização do DPVAT é liberada em até 30 dias quando o pedido é feito nos pontos de atendimento autorizados. Fique atento: pedidos feitos na justiça levam anos para ser liberados.

Vídeos sobre o Seguro DPVAT

DPVAT - Dicas sobre indenização
DPVAT - Reembolso médico-hospitalar
DPVAT - Indenização Invalidez
DPVAT - Indenização Morte